MUD Valinor

Casamento de Feena e Hellirion

Casamento de Feena e Hellirion

Informações gerais

Título:
Casamento de Feena e Hellirion
Autor:
thefallen (antigo)
Tipo:
Obras IC em geral (Livros, poemas, músicas e cartas)
Participantes:
Local:
Bosquepraca em Valfenda
Data IC:
22 de Narquelië de 3018
Data OOC:
19/07/2005

Resumo

O Casamento de Feena e Hellirion Gaerfinnel, que contou com a oficiante Julieta Eladiyenn e o padrinho Vladnov Cellebeth, realizado no Bosquepraca em Valfenda

Casamento de Feena e Hellirion


Desde o início dos tempos, desde a criação de Arda,
Jamas se viu uma dupla de elfos tão apaixonada.
Até depois do fim de tudo, do Vazio Absoluto,
Nunca mais uniram-se duas almas tão bem completadas.

    De espírito simples, ambos se amavam sem preocupações;
    Não sentiam necessidade de suntuosas ou magníficas realizações.
    Felizes em terem a companhia, amor e carinho um do outro,
    Assim viviam, eternos namorados, sem outras mundanas ocupações.

O dia chegou em que ambos deveriam sua união formalizar,
Aos olhos de Deuses e Mortais pra sempre seus destinos ligar.
Apenas refletindo a chama pura da paixão de seus sentimentos,
Uma singela cerimônia planejaram: em meio aos bosques se casar.

    Pompas e suntuosidades, glória e luxo, estes não havia,
    Pois o amor de ambos a tudo o que era mundano excedia.
    Uma clareira no Bosquepraça em Valfenda foi o lugar eleito;
    Sem convidados, apenas o padrinho e a sacerdotisa que os casaria.

Posto que seu amor estava muito além de tais materiais objetos,
De roupas bonitas ambos prescindiram, e de especiais vestidos.
Envergando suas habituais vestimentas, felizes apenas estando juntos,
Sob as vistas de Illúvitar, os fios de suas vidas para sempre entralaçados.

    Entre velhas árvores e sobre um chão de belas flores e verde gramado,
    Sob os olhares de pássaros de colorida plumagem e canto afinado,
    Chegava a hora tão aguardada, de consumar o casamento com efeito;
    E Sir Vladnov conduzia a noiva para a cerimônia, em felicidade exultando.

Lady Julieta a cerimônia iniciou com a seguinte frase falada:
"Estamos neste belo lugar reunidos, presenciando a união sagrada,
De duas pessoas, Hellirion e Feena, que se unem em casamento."
Poucas palavras os noivos ouviram, perdidos que estavam pela pessoa amada.

    Doces juras trocavam aos sussuros, impacientes para dizerem Sim,
    E para sempre unirem seus destinos, amando-se mutuamente até o fim.
    Disse o elfo em voz solene "Por toda a eternidade e além, aceito."
    Respondido em lágrimas por sua elfa "Para todo o sempre, sim."

Doces alianças trocaram, símbolos materiais de um eterno amor;
Palavras de poder continham, forjadas em ouro e gravadas em Valinor.
Nunca antes tais canções de poder duas almas uniram em casamento;
Jamais se veriam de novo duas almas gêmeas brilhando com tal esplendor.

    Dizia o anel que o Elfo deu a sua Elfa:
    "Forjado na flamejante Fenda da Paixão,
    Um anel para meu coração e alma controlar,
    Um anel de enlace imune à destruição,
    Para, sob tal domínio, para sempre te amar.
    Um anel com poder, ao dos Valar, muito superior,
    Uma jóia para, sobre mim e tudo que possuo, governar.
    A ti, Feena, precioso Silmaril, devoto meu amor,
    Aurnincuil, Luz de minha vida, contigo quero estar."

E estava inscrito no anel que a Elfa deu a seu Elfo:
"Da mesma forma que é certo o sol nascer do leste, a lua se erguer do oeste
sob o céu estrelado dedico a ti o meu amor para que cuides de mim,
Oh grande senhor da minha vida, meu amado e querido Hellirion.
Para sempre sua, para sempre o seu Silmaril dourado, para sempre a sua Feena."

    Sequer aguardaram o momento da sacerdotisa dizer para se beijarem;
    Ambos estavam perdidos nos braços um do outro, sem mais aguardarem.
    "Unidos estão sob as vistas de Eru, sempre ligados a vosso juramento."
    Diria a sacerdotisa aos dois; palavras desnecessárias, por já se amarem.

Felizes viveram por toda a eternindade, alegres por juntos estarem
Se felicitando por ambos existirem um para o outro e por tanto se adorarem;
"Jamais mancha ou mácula alguma irá romper nosso amor e este sagrado ajuntamento"
Foi a muda promessa que fizeram, carregados de significado ao se olharem.

Como jogar?

Leia nosso Guia para Iniciantes e
jogue agora
(ajuda)

Esse recurso permite jogar sem instalar nada em seu computador, mas você também pode usar um cliente de MUD convencional.

Em caso de dúvidas, veja as perguntas mais frequentes ou faça a sua.

Dicas de jogo

Use o comando MAIL para mandar mensagens para jogadores que não estão conectados no momento. Veja HELP MAIL para detalhes.