MUD Valinor

História do Clã McDermont

por Ivelius, em 31/10/2004, lido 2795 vezes (Clãs)

História do Clã McDermont

Site do clã McDermont: http://www.mcdermont.com.br

Veja também: Alvorada de Sangue

 

A Família McDermont sempre manteve uma firme posição na defesa da cidade e região da cidade de Bri. Mas foi somente no ano de 2911 durante o Inverno Mortal que realmente se consolidou como um clã. Através da união de vários membros da família com outras pessoas da região, lutaram bravamente para explusar os lobos brancos que desceram pelo Rio Branduin infestando a região de Eriador. Muitos pereceram no combate. Mas os que voltaram com a vitória em homenagem aos falecidos, que foram inúmeros da família McDermont, criaram o Clã McDermont. O cargo de líder foi atribuido a Lutric McDermont. Após a consolidação do clã, vários membros liderados por Lutric, sentindo ainda a ameaça que vinha das Colinas do Norte, formam um pequeno grupo, quinze pessoas, e partem para lá. Foi uma viagem difícil, muitos deles por não serem acostumados a viagens longas adoeceram. Subestimando seus adversários o grupo parte para cima de uma enorme matilha, esse por ser em número bem maior, duas vezes ou mais, massacra o grupo rapidamente, Lutric vê seus amigos cairem um a um. Mas devido a uma grande sorte é salvo pelo Senhor das Grandes Águias do extremo norte. Lutric passou semanas para se recuperar dos ferimentos, e ainda assim ficaram cicatrizes. Ficou sabendo que nenhum além dele sobrevivera ao ataque, vendo a ínfima forte sua e de seus companheiros diante de um inimigo maior. Lá adquiriu muitos conhecimentos da Terra-Média, tendo noção assim de toda a sua imensidão. Acabou por criar um laço de amizade entre ele e as águias, recebendo inclusive presentes. Mas o tempo passa e a saudades e a responsabilidade lhe ressurgem. Com o auxílio das águias retorna a Bri, onde conta sua história e relembra suas tristezas.Meses mais tarde encontra um jovem elfo de nome Feaval, que solitário vagava por Bri. Após se conhecerem, descobre a trágica sina que ele carrega, órfão sem um passado, somente um possível destino "Portos Cinzentos" que ele não busca agora. Lutric comovido pela história do jovem adota Feaval e o inicia no clã. Feaval agora conhecido como Feaval McDermont inicia seus treinamentos. Anos de paz se passam, no qual Feaval se dedica com fervor aos ensinamentos. Mas esse momento acaba por se esvair. Orcs surgem nos campos ao norte. Lutric reuni seus melhores homens e parte rumo ao inimigo, ele leva também Feaval por imaginar que isso auxiliaria em seus treinamentos. A comitiva, composta por vinte e seis membros do clã, segui pelo Caminho Verde rumo a Fornost. Após 7 dias de viagem, avistam um grupo acampado. No entanto havia algo que eles não esperavam. Wargs. Eles se prepararam e ao amanhecer iniciariam o ataque. Ao serem lançadas as primeiras luzes do amanhecer iniciou-se o ataque. O grupo de orcs ao perceberemque o combate era inevitável, se prepara. Contando com a luz e o fator surpresa os orcs não resistiram por muito tempo, com exceção dos líderes. Essa batalha foi brutal. Eles estavam montados em imensos wargs. Foi um luta difícil e poucos saíram com vida, Lutric se feriu gravemente, o que lhe impossibilitou de andar o restante da vida. Este acontecimento ficou conhecido pelos membros do clã como "Alvorada de Sangue". Feaval apesar do ferimento grave que sofreu no braço se recuperou completamente. Apenas dois membros sairam do combate ilesos Baltrir e Flator. Após a batalha retornaram a Bri e enterraram os corpos no cemitério da sede do clã, dando destaque aos grandes guerreiros daquela batalha. Sem possibilidade de continuar liderando o clã, Lutric passa o cargo para Feaval com as seguintes palavras: "Passo para você, meu amado pupilo, a responsabilidade de dar continuidade, levando adiante o nome do clã. mas não só isso, de levar adiante o nome da família, expandindo cada vez mais nossos domínios. Não permita jamais que meu legado, tudo isso pelo que lutei e vários de meus amigos morrem acabe ou seja consumido pela sombra. Utilize esse presente que recebi das águias do norte, ele o ajudará nos momentos de maior dificuldade. Jamais esqueça nossa amizade com o Senhor das Águias." Ápos alguns meses uma estranha doença assola a família. Quase todos os membros são atingidos, com exceção de Feaval e a linhagem de Milai filho de Baltrir. Um a um vão morrendo, um dos primeiros a falecer foi Lutric, e a família foi entrando num estado de decadência. Com muitas dificuldades a família se estabiliza. Feaval buscando o crescimento do clã visita vários locais na Terra-Média fazendo alianças e grandes laços de amizades.Em sua visita a Floresta das Trevas conhe e Linare, a elfa pela qual se apaixona. O amor que uniu os dois foi tão intenso que Linare deixa seu lar para viver ao lado de seu marido em Bri. Foi na sua ida aos Portos Cinzentos que Feaval teve seu primeiro contato com as Águias do Norte. Sua comitiva quando ia passando pela Colina das Torres, foi surpreendida por um grupo de Orcs. A batalha foi muito dura, os membros da comitiva estavam quase sendo vencidos quando reveberam o auxílio dos céus. Três enormes águias desceram sobre os orcs, esses assustados debandaram. Feaval reconhecendo as Águias como na descrição de Lutric, se curva diante da que parecia liderar o grupo e diz: "Eu agradeço imensamente o seu auxílio, sem ele talvez teriamos perecido nas mãos daqueles servos da sombra. Eu sou Feaval McDermont, líder do Clã McDermont, substituto do falecido Lutric McDermont o amigo das águias." As águias ficaram surpresas mas reconheceremo cinto de penas que ele portava como um presente das águias. Ele e sua comitiva foram levados até aos ninhos nos cumes mais altos das montanhas do norte. Lá foi reconhecido como o amigo das águias e foram refirmados os votos de amizade entre o clã e as águias. Passou muito tempo por lá, aprendendo todo conhecimento que lhe era ensinado. Quando retorna a Bri, decide passar tempo descansando com intenção de cuidar da família mais de perto nesse tempo seus filhos Ivelius, Jozan e Silluin nascem e ele passa a dedicar seu tempo na educação de seus filhos. Muitos anos se passaram, tudo transcorria bem, até que quando sua esposa vai em uma viagem para encontrar seu filho Ivelius na Floresta das Trevas sofre um acidente e cai nas águas do Rio Bruinen. Feaval entra em profunda tristeza e se afasta de todos, deixando o cargo de líder do clã e da família ao Ivelius McDermont. Esse jovem prodigioso, mesmo sendo muito jovem assume a responsabilidade de cuidar de tudo e o faz com uita maestria. Agora Ivelius reabre as portas do clã aos forasteiros, com a intenção de reacender o brilho e a glória da Família e Clã McDermont.

 

Por: Ivelius McDermont, Líder do Clã McDermont

Como jogar?

Leia nosso Guia para Iniciantes e
jogue agora
(ajuda)

Esse recurso permite jogar sem instalar nada em seu computador, mas você também pode usar um cliente de MUD convencional.

Em caso de dúvidas, veja as perguntas mais frequentes ou faça a sua.

Dicas de jogo

Use o comando MAIL para mandar mensagens para jogadores que não estão conectados no momento. Veja HELP MAIL para detalhes.