MUD Valinor

Guia de Interpretação

por Ingeloakastimizilian (ant, em 18/01/2004, lido 5140 vezes (Informações ao Jogador)

Resumo: Este guia foi feito com a única intenção de tornar mais real a interpretação de personagens no MUD Valinor. Não é obrigatório seguir as regras aqui impostas, mas altamente recomendável. Porém, esperamos que todos entendam o objetivo de uma preocupação tão grande com a interpretação dos personagens, pois do contrário será inútil a leitura deste guia.

Introdução

Este guia foi feito com a única intenção de tornar mais real a interpretação de personagens no MUD Valinor. Não é obrigatório seguir as regras aqui impostas, mas altamente recomendável. Porém, esperamos que todos entendam o objetivo de uma preocupação tão grande com a interpretação dos personagens, pois do contrário será inútil a leitura deste guia.

1 - Olhos do personagem/Mente do jogador

Como todos sabemos, o MUD se trata de um RPG (talvez a maneira mais próxima do verdadeiro RPG) modificado para ser jogado por várias pessoas na internet sem que haja um único mestre.

Sendo RPG, o MUD é um jogo de interpretação (atenção para esta palavra) no qual as pessoas vivem em mundos fictícios nos quais possuem personagens que têm suas raças, profissões e, acima de tudo, personalidades próprias. O problema é que muitos dos jogadores de RPG (e principalmente de MUD, já que não pode haver um mestre controlando a interpretação dos personagens o tempo todo) não tem consciência da importância deste último item (personalidade de um personagem).

É justamente para esclarecer a importância disso que estamos fazendo este guia. Para deixar claro a você, jogador de MUD, porque é necessário saber agir de acordo com a personalidade de seu personagem no RPG.

Primeiro, vamos organizar um pouco as coisas:

Qual a mente que trabalha quando se joga RPG? A do jogador ou a do personagem? Inicialmente, pode-se dizer que é a do jogador. Porém, para os que sabem interpretar, a mente do personagem chega a fazer quase tudo sozinha. É claro, o modo de pensar, as idéias, são do jogador, bem como o nível de seu raciocínio. Um jogador de QI 2 não conseguirá interpretar um personagem de QI 250, por exemplo. Mas, e se colocássemos um jogador de QI 250 para interpretar um personagem de QI 2, o que aconteceria? É aí que entra a interpretação. Um jogador que simplesmente pensa com a mente do personagem conseguiria ser tão burro quanto o mesmo. Porém, é demais esperar isto de um ser humano... Ninguém que joga RPG pensa exatamente com a cabeça de um personagem, apesar de isto ser o que mais aproximaria o jogo da realidade.

Não se deve esperar que um jogador pense com a mente de seu persongem, mas sim que enxergue o mundo com os olhos dele. Nunca veja o MUD de um ponto de vista técnico ou que prejudique sua interpretação de qualquer outra forma. Isto é o mínimo para se interpretar de verdade um jogo de RPG.

Para ver o MUD (ou melhor, para ver a Terra-Média) com o olhar de seu personagem e não o MUD (agora sim) com o seu (como jogador), há uma série de coisas que ajudam:

2 - IC e OOC

IC (in character) é tudo o que seu personagem faz ou fala com os outros personagens ou NPCs do MUD.

OOC (out of character) é tudo o que você faz ou fala com os outros jogadores do MUD.

Em outras palavras, pode-se dizer que o IC é realmente a parte de interpretação (roleplay) do jogo. OOC é como aqueles comentários de um mestre de RPG, como "Cá entre nós, você diria que esse cara parece com o Saddam Hussein...", ou uma conversa entre os jogadores, que estão em lugares diferentes, dizendo um ao outro "Vou para aí onde você tá!".

Para coisas do tipo, existem os canais OOC (chat, mtalk, tell, etc.), que tratam de conversas entre os jogadores. Para coisas que o seu próprio personagem faz, porém, existem os canais IC (como say, shout, music, yell, etc. que servem para comunicação de personagem para personagem), e é extremamente importante, também para manter mais real a interpretação, não misturar em hipótese alguma IC com OOC. Assim, é mantida a semelhança com a realidade, que o RPG tem de melhor.

3 - Automações

Os ALIASES do MUD servem para facilitar a vida de todos, tornando mais rápida a execução de blocos de comandos. Porém, é sempre melhor evitar usar ALIASES para coisas IC, prejudicando o RPG. ALIASES para comandos OOC são extremamente úteis. Por exemplo um atalho para o comando note read $1, que lê a nota especificada em $1 de um mural, não prejudica o RPG. Porém, um atalho que leve o personagem de um canto a outro do MUD pode sim prejudicar o roleplay, fazendo com que alguém que está em Valfenda apareça em Bri em alguns instantes, usando o caminho que alguém que digitasse comando por comando levaria minutos para traçar.

Porém, é sempre bom deixar claro que estas não são regras, e que o único a sair prejudicado com a má-interpretação será o próprio jogador, perdendo a chance de jogar um RPG de verdade.

O mesmo vale para TRIGGERS, apesar de estes serem de fato proibidos. Porém, não há como fazer qualquer tipo de verificação para detectar se um comando foi executado por disparo de um determinado TRIGGER ou não. Porém, não é necessário nem explicar por que um jogador sairia prejudicado com o uso de TRIGGERS que executem comandos IC.

4 - Quests

As QUESTS talvez sejam a parte do MUD em que a interpretação de um personagem mais tem importância. É sempre necessário levar os temas apresentados nas QUESTS a sério, e é uma hora em que comentários OOC devem ser simplesmente extintos, não somente evitados. É importante também lembrar que não há premiação de quest por quem mais realizou feitos importantes durante a aventura. Sim, é claro que esses feitos tem importância. Porém, o mais importante mesmo é a interpretação e o uso do bom senso. Por exemplo: personagens que simplesmente saem matando NPCs à toa por aí durante o jogo normalmente não devem fazer o mesmo durante as QUESTS. Preste sempre muita atenção a sua volta, pois assim não terá dificuldade nenhuma em entender o que está acontecendo, ouça os NPCs (narradores) que eles lhe ouvirão e assim, não atrapalhar-se-á o andamento do jogo.

Muitas vezes as QUESTS exigem que os usuários andem em grupo. Porém, novamente para tornar o jogo mais real, é necessário que o papel de cada um desse grupo seja exercido e que todos tenham sua importância. Não adianta simplesmente usar um FOLLOW <nome de outro personagem> e mandar ele digitar GROUP <seu nome> e deixar que ele lhe guie pois isto não forma grupo nenhum. É sempre bom que haja combinação de classes e raças diferentes dentro de um mesmo grupo, para que as vantagens e desvantagens de cada personagem sejam compensadas pelas vantagens e desvantagens dos outros.

Como jogar?

Leia nosso Guia para Iniciantes e
jogue agora
(ajuda)

Esse recurso permite jogar sem instalar nada em seu computador, mas você também pode usar um cliente de MUD convencional.

Em caso de dúvidas, veja as perguntas mais frequentes ou faça a sua.

Dicas de jogo

Comandos podem ser abreviados. INV ao invés de INVENTORY, por exemplo.